Moda Urbana Japonesa: Os mistérios do vestuário de uma Lolita

por Juliana Maffia

 

Roupas estampadas, anáguas, sapatos e acesssórios. Na hora de incorporar o estilo Lolita, as opções são tantas que é possível se confundir. Mas existem peças básicas que todas devem usar, peças essenciais, utilizadas por todos os estilos de Lolita. Dentro de qualquer moda surgem peças que não podem ser dispensadas, quais são elas? O que usar na hora de incorporar este estilo? 

 

A vestimenta básica: blusas brancas ou pretas, meia-calças ¾ da mesma cor e, para finalizar, uma saia simples. Para sair um pouco do comum estas peças mais simples são casadas com acessórios mais extravagantes, que são mais bem elaborados. As opções são diversas, destacamos algumas como: uma bolsa em formato diferente, de coração por exemplo, laços para a cabeça ou qualquer outro acessório. 

 

Existem regras quanto ao uso das saias. São aceitas, mas não obrigatórias, saias básicas, babadas, rendadas, lisas, ou estampadas. Mas, quanto ao tamanho existe sim uma regra. Saias curtas não são costumeiras. O ideal é utilizá-la apenas a um palmo de distância do joelho. Existe a opção de vestir saias mais longas, neste caso elas podem ir até o tornozelo.

 

O laço na cabeça não é o único acessório de uma Lolita. Existem as tiaras e chapéus, tão populares quando os laços, além dos colares, pulseiras e bolsas. Fato é, usar algo na cabeça é ideal. O estilo Lolita baseia-se na época vitoriana e no rococo, trazendo a tona a feminilidade com um look que, no geral, é cuidadosamente criado.

 

Kitty, contadora que atende por este nome quando incorpora o estilo Lolita, explica que gosta da moda pois foge daquele uniforme diário, a calça jeans e camiseta. “Eu amo os detalhes minuciosos das roupas, coisa que não tem em qualquer roupa por ai, a renda trabalhada, a costura invisivel, o botão perfeito que combina com a estampa e com as rendas, tudo é parece ser feito com muita atenção e cuidado,” diz a contador. Seja no dia a dia ou no final de semana esta moda, nascida no Japão, traz um tempero diferente ao que é visto nas ruas diariamente.

 

Kitty explica, em vídeo, cada parte da vestimenta: