Moda Urbana Japonesa: Como o estilo Lolita é visto pelos brasileiros

por Paula Impellizzieri

Não são apenas os oceanos e continentes que separam o Brasil do Japão, a cultura é a maior exposição dos contrastes entre estes países. Temos várias tribos com diferentes estilos, assim como no resto do mundo, porém se já é difícil para as pessoas aceitarem os góticos ou hippies como estilo comum, não é de se espantar que achem “estranho” a moda oriental.

Kao e Kitty usando o estilo Sweet Lolita

Kao e Kitty usando o estilo Sweet Lolita

Observamos as reações quando mostramos fotos de “Lolitas” e questionamos se a pessoa vestiria aquele estilo de roupa. A diferença cultural foi perceptível, as pessoas, em geral, associam a fantasias de carnaval ou festa junina. Nenhum dos entrevistados se identificou com as roupas, sendo assim, concluo que a globalização não está sendo o suficiente quando se trata da aceitação cultural. Só aceitamos o diferente, quando não é tão diferente assim, quando os padrões que se assemelham são maiores que os que se destoam.

Não se trata exatamente de um hibridismo cultural, sendo que não há misturas, é muito mais simples que isso, é gosto. A influência dos mangás e desenhos japoneses são grandes nas lolitas, porém não é necessário ter raízes orientais para que se vista como uma boneca, daí entra o gosto. Tanto pela cultura, quanto pelo estilo.

Ouçam um trecho em áudio da enquete feita, utilizando o player ou este link.