Carnaval sem carnaval: a eleição do samba enredo

Escola de Samba Sociedade Rosas de Ouro

Escola de Samba Sociedade Rosas de Ouro

Por Dário Rodrigues

Carnaval, época de grandes festas, muita folia e também muito trabalho para os integrantes das escolas de samba. Assim é a vida dos carnavalescos, logo após a apuração das escolas já começam os preparativos para o carnaval do ano seguinte, o trabalho é árduo e demorado, pois após três meses apenas do término, já começam as escolhas de temas para os enredos, organização de baterias e todos os integrantes.

Na Sociedade Rosas de Ouro, nove vezes campeã do carnaval paulistano, os trabalhos já começaram, e neste mês já foram escolhidos os compositores e o lançamento do samba enredo para 2012, o trabalho é intenso durante o ano inteiro, como conta Marcelo Silveira, integrante da bateria, que conta com duzentos e cinqüenta ritimistas comanda por mestre Tornado.

”Muita gente pensa que logo quando acaba o carnaval, ganhando ou perdendo agente descansa e tira umas férias, mas na verdade não dá tempo. Os trabalhos para o carnaval do ano seguinte começam já nas primeiras semanas após a apuração do carnaval, é feita uma reunião para a escolha dos possíveis temas para enredo, depois da escolha feita começam os trabalhos de formação de componentes, organização da bateria, escolha dos modelos de fantasias, alegorias, além de todo preparativo burocrático que é feito por parte da diretoria. Todo o processo é acompanhado de perto pela nossa presidente Angelina Basílio, que vem fazendo um grande trabalho ao longo desses anos depois que seu pai nosso grande mestre Eduardo Basílio faleceu.”