Bodas de Casamento

O amor surge passivamente nos corações humanos. Pode significar afeição, compaixão, misericórdia, ou ainda, inclinação, atração, apetite, paixão, querer bem, satisfação, conquista, desejo, libido, etc. O conceito mais popular de amor envolve, de modo geral, a formação de um vínculo emocional com alguém, as vezes familiares, amigos ou namorados. E no caso quando o amor toca o coração de duas pessoas e essas pessoas se deixam levar pelo puro sentimento que existe a milhões de anos capaz de transformar tempo e espaço, a vida delas se unem como uma só carne, duas almas e um só sentimento.
Bodas são uma comemoração tradicionalmente ocidental

Bodas são uma comemoração tradicionalmente ocidental

É o processo natural da vida, as pessoas se apaixonam uma pelas outras, desejam constituir familia, algumas desejam filhos, outras casamentos estavéis, mas na maioria das vezes o simples sim, digo na hora da união civil ou religiosa representa a esperança de passar uma eternidade ao lado daquele que nós escolhemos amar.
E na cultura ocidental é tradicional se comemorar as bodas de casamento, para cada ano uma celebração diferente que faça vinculo algum material, começando logo no primeiro ano com Bodas de Papel e para aqueles que viverem até os cem anos de casados as Bodas de Jequitibá.No site portal da família.org é possivel encontrar a lista com as referencias de todas essas bodas, mas vamos falar das mais tradicionais.
O autor Nicholas Sparks famoso por suas histórias de romance, descreve em um de seus livro o amor como: “ paciente  e benigno, não arde em ciumes…O amor não se ufana, não se ensoberbece; O amor não é rude,nem egoísta, não se desespera…Não se recente do mal… O amor não se alegra com a injustiça, Mas se regozija com a verdade… Esta sempre pronto para·perdoar, crer e suportar o que vier… O amor é como o vento não posso ver mas posso sentir..”.
 É esse amor que une os casais por pelo menos vinte e cinco anos, e é nessa data que se comemora as Bodas de Prata, apesar de não reluzir como o outro a prata é sinônimo de riqueza, posse, é o espelho que não oxida e se mantém limpo mesmo que os anos passem, assim é o amor de 25 anos, espelho de compreensão e força, de abraços quando a tempestade imunda as relações e sol quando o frio parece que vai congelar os corações. O casal que chega a essa boda tem muito o que comemorar afinal foram 9.125 dias,  219.000 horas, 13.140.000 segundo, dias horas e minutos se amando, brigando, ou simplesmente aproveitando toda a magia do Sim que foi dito naquela noite memorável. Mas o tempo é algo abstrato e não para, e apesar das rugas e dos cabelos brancos que vão aparecendo muitos casais continuam unidos, na alegria e na tristeza, na riqueza e na pobreza, prontos pra qualquer luta pois juntos sabem que tudo vale apena e é nesse contexto que corações continuam a batendo, a cada beijo, a cada suspiro ou simplesmente naquele abraço na cama que faz dormir e esquecer todos os problemas do mundo que se chega aos 50 anos de casados.
Quase uma vida comemorada com as Bodas de Ouro, e não haveria material mais apropriado para este do que o Ouro.

 O ouro fascina a humanidade desde a sua descoberta. De todos os metais, apenas ele reúne beleza, brilho, virtual indestrutibilidade e maleabilidade.

É essa a boda que vai fascinar os casais jovens que estão começando a se afogar no profundo e negro mar do amor. É essa a boda que vai fazer reluzir todos as lagrimas transformadas em flores nos dias dos namorados, no brilho do olhar apaixonado de todas as manhãs, na maleabilidade de conduzir as maiores discussões e depois deixar que se explodem em beijos apaixonados.
Uma vida juntos, e o tic tac do relógio continua e após 21.900 dias o casal que permanecer unido, sem que a morte os separe podem enfim comemorar as Bodas de Diamante, que vêem justamente significar força e eternidade, a eternidade que todos gostamos de acreditar que encontraremos num amor em algum dia.
  Mesmo que alguns casais percam sua metade eles continuam a comemorar as bodas, porque amor que é sincero tem força suficiente para transpor barreiras de tempo e tem luz suficiente pra aquecer os corações quando lagrimam de saudade.
Abstrato e inconstante as bodas são o aniversário do casamento na cultura ocidental.

Por : Juliana Cardoso

Bodas de Ouro