A história das maiores marcas de automóveis de luxo no Brasil

Conhecidas como as marcas de maiores semblantes e paixões mundiais de todo consumidor de automóveis, as queridinhas Ferrari, Maserati e Lamborghini conquistaram seu espaço no coração do povo brasileiro, também.

Por Thais Felippe

A Ferrari começou sua trajetória em 1929, fundada por Enzo Ferrari. Seu símbolo oficial é um cavalo preto com as letras S e F (que significam Scuderia Ferrari). Poucos sabem que a história do cavalinho rampante vai mais além: este fora um símbolo usado pela Aeronáutica Italiana, na Primeira Guerra Mundial.

Ferrari 458 Itália

Sua fábrica localiza-se na cidade de Maranello, na Itália. Desde seu primeiro modelo, os carros sempre visaram remeter-se ao esporte de F1 e, os de sua scuderia, procuram estar cada vez mais arrojados. O time italiano é um dos maiores vencedores do campeonato, consagrando nomes como Felipe Massa e Michael Schumacher.

 Poucos sabem, e até se confundem, mas outra marca pertencente ao grupo é a Maserati, notada pela produção de carros sedãs e esportivos de alto luxo. A marca dos irmãos Maserati foi totalmente adquirida pelo grupo Ferrari (e Fiat) em 1999, com o intuito de investirem em inovação, tecnologia e engenharia, para assim, obterem carros ainda melhores e mais sofisticados. E esse trabalho deu certo, e muito!

Maserati Gran Turismo

Ambas possuem designs exclusivos, elaborados pela marca Pinin Farino, porém, são carros totalmente distintos, inclusive no mercado. No Brasil, o representante oficial das marcas Ferrari e Maserati se localiza na Av. Brasil em São Paulo.

Suas histórias no país começam quando o grupo Via Itália passou a importar os autos de forma oficial e totalmente homologados para as leis brasileiras. Em 1996, o empresário Francisco Longo ganhou a autorização da fábrica da Ferrari para a importação e revenda dos autos, que até então, eram comercializados de forma independente. As Maseratis vieram logo depois, em meados de 1998, e já agradaram grandes empresários que procuravam um produto menos “agressivo”.

Mais tarde, em uma disputa com grandes nomes do mercado brasileiro, o grupo importador ganhou também o direito sob a marca Lamborghini por aqui. Em meados de 2009, a marca – antes apenas importada de forma independente por outros revendedores – ganhou um motor adaptado de acordo com as normas brasileiras e loja oficial, localizada na Av. Europa, também em São Paulo.

A marca do touro foi fundada em 1963, quando Ferruccio Lamborghini não se viu satisfeito com o atendimento da Ferrari consigo, um cliente dos famosos carros. Concorrente direto da Ferrari no quesito de carros esportivos, seu público se difere pelo fato de que as Lamborghinis conseguem um visual mais atual, com cores diferenciadas, uma vez que sua maior propaganda é que o carro deve ser o destaque, não importa o que mais possa ser visto.

Independente das opiniões sobre as demais marcas presentes no país nas últimas décadas, o semblante da Ferrari e Lamborghini sempre serão os mais discutidos e aplaudidos pelo público, fazendo lotar stands de eventos como o Salão do Automóvel, F1 em Interlagos e campeonatos específicos de GT3 e Stock Car, onde ambas também competem.

Suas histórias se cruzam, mas o diferencial sempre estará no público e em seus motores e designs inovadores. Isso que faz a disputa no mercado brasileiro ser acirrada e estendida para poucos apaixonados, que compram seus sonhos sem se preocupar com custos.

http://www.youtube.com/watch?v=k1u7OTkwMuU