Biblioteca Braile do CCSP oferece diversos livros falados a deficientes visuais

Por: Ananda Almeida, Débora Emílio, Renan Carvalhais

A biblioteca Louis Braile do Centro Cultural São Paulo (CCSP) oferece, desde 1947, diversas opções de livros para deficientes visuais. O livro falado é um dos mais procurados e sua confecção envolve diversos profissionais, desde voluntários para a leitura até editores de áudio que farão o trabalho de finalização do produto.

Imagem de Amostra do You Tube

As gravações de áudio são feitas no próprio CCSP, mas a biblioteca também recebe materiais doados pela Fundação Dorina Nowill.

Qualquer pessoa pode ser voluntária e ajudar na gravação dos livros. Veja no vídeo acima como funcionam os livros falados e como ser voluntário da biblioteca.