Óleo de cozinha na produção de biodiesel: reciclagem e responsabilidade social

Siga!

Por: Felipe Schmieder

Recipientes para descartar metais, plásticos, papéis e até pilhas são vistos com frequência no dia a dia de cada um de nós. Qualquer supermercado ou shopping possui algum um deles. Ponto para a ecologia! Mas, um vilão do meio ambiente, que está presente em quase todas as casas, restaurantes, hotéis e até na feira, não é muito divulgado: o óleo vegetal.  O famoso óleo de cozinha, feito de soja, milho, girassol ou canola, é responsável por grande parte da depredação de rios, lagos e córregos em todo o país. Isso, devido a uma prática cultural de muitas donas de casa e chefes de cozinha: jogar pelo ralo da pia o óleo que não pode ser mais utilizado.

Muitas pessoas não sabem, mas além de entupir as tubulações da rede de esgoto e aumentar em 45%* os custos do tratamento, um litro de óleo pode poluir centenas de litros d’água. Como alternativa, o produto ao invés de ser descartado pode se transformar em sabão vegetal e até biodiesel.
Segundo a consultora socioambiental, Denise de Mattos, biodiesel com base em óleo de fritura diminui a poluição, cria uma ampla cadeia produtiva de emprego e renda nos 3 níveis de processos (coleta, reciclagem e distribuição), contribui para o incremento da economia regional e pode gerar créditos de carbono com a redução do consumo de diesel. Ela ainda enfatiza:

quanto ao sabão, até pode ser uma opção, mas longe de ser a melhor. Pois, não é ecologicamente correta, já que nos processos atuais usa soda caustica, que acaba sendo jogada nos dutos e lençóis freáticos. Poluindo e causando ameaças à saúde humana e ambiental”.

“Participo de um projeto no Rio de Janeiro, o BioRedes, onde estamos coletando mais de 150 mil litros por mês e mudando a vida de muita gente que foi tirada da miséria, da marginalidade, do alcoolismo e das drogas, com uma sensível melhora de vida”, completa a consultora.

*Fonte: www.biodieselbr.com

Serviços:
Saiba mais sobre o projeto BioRedes: www.projetobioredes.blogspot.com

 

Links relacionados:

 Saiba como dispensar o seu óleo
 Conheça os malefícios do descarte inadequado do óleo de cozinha

Veja também:

• Empresas também ajudam na reciclagem
 Aprenda a fazer  sabão ecológico

 

Não deixe de ler:

♦ Entrevista com Reinaldo Quiroz, engenheiro ambiental

 

←Voltar para Home