Conte utiliza materiais vindos do lixo

Por Evelyn Haas

Formado em artes-plásticas pela EPA (Escola Panamericana de Arte), o artista plástico Vicente Conte, de São Paulo, é um dos artista que se utilizam de materiais pouco convencionais.

Durante seus estudos conheceu alguns dos integrantes atuais do Atelier Nobre Sucata.

Seu trabalho utiliza suportes inusitados, a maioria achados na rua, em caçambas ou no lixo.

Com esses suportes cria instalações utilizando-se de interferências com tinta e outros objetos, criando uma espécie de “estética do caos”, a qual visa questionar o ser humano e suas relações interpessoais.

Trabalha também com pintura, explorando com vigor a abstração gestual e o expressionismo bruto.

Chair

Obra de Vicente Conte

Para ver mais obras desse artista clique aqui

Volte à matéria principal: Ateliê reúne artistas ‘ecológicos’ na Moóca, em São Paulo