Cinema promove inclusão social no bairro do Capão Redondo

por Giselle Madureira e Priscilla Brum

Com o objetivo de promover cidadania e igualdade entre os moradores da favela Jardim Amália, no bairro do Capão Redondo, foi criada em 1999, a ONG Jardim Amália Melhor, ou “Vida Nova”. A ONG promove ação social e atende cerca de 270 pessoas, entre crianças, jovens e adultos.

Leia também:

Projeto Vida Nova cria curta metragem

Ao todo são oito oficinas que contam com a colaboração de coordenadores e voluntários. Fagner Franco Aleluia e Samuel Siqueira trabalham na entidade por gostarem de ajudar a esses jovens a aprender mais. ” Ajudar essas crianças a descobrirem algo novo e verem que o cinema é uma forma de dizer o que sentem e veem do mundo é com certeza impagavél”, afirma Samuel.

Para as crianças há as oficinas que estimulam o aprendizado e a criatividade na fase escolar. Elas ainda participam de oficinas de esporte, que desenvolvidas de acordo com as idades, buscam sempre contribuir para a formação educacional e motora. Os adultos que atuam na ONG também aprendem. Através de trabalhos manuais, estão no inseridos no mercado de trabalho e, dessa maneira, conseguem ajudar com a geração de renda.

Os voluntários, que são parte importante da ONG, atuam também mostrando alternativas para encarar a pobreza, a exclusão e a violência, tentando assim transformar a perspectiva de cada um e consequentemente da comunidade, promovendo a cidadania.

Oficina de Audiovisual – ONG Projeto Vida Nova

Totalmente desenvolvido por voluntários, a Oficina de Audiovisual da ONG Projeto Vida Nova, foi criada em setembro de 2007 com a intenção de usar vídeo, fotografia e o teatro a favor da integração de alguns jovens que moram na região do Capão Redondo. Stefani Muller já fez vários trabalhos na ONG e agora espera poder fazer um trabalho audiovisual em breve. ” A gente consegue encarar a nossa vida difícil com esses projetos, quem sabe atuando nessa nova área, eu possa decidir o que farei de profissão”.

Os alunos aprendem a estimular o senso crítico e têm a oportunidade de expressarem suas idéias e realidades em forma de produções. O resultado do projeto já pode ser visto, inclusive no youtube! Com três meses de muito trabalho, o roteiro é baseado em trechos da bíblia. O filme “Forgiveness, o poder do perdão” foi um curta produzido pelos próprios alunos, com a supervisão dos voluntários responsáveis pela oficina.

Voltar para matéria principal