American Tyre explica processo de remoldagem de pneus

Por Erika Santos 

A American Tyre é uma empresa pioneira no Brasil em remoldagem de pneus. Sua maior preocupação é conciliar o trabalho de renovar pneus com a preservação do meio ambiente. Sediada nos municípios de Embu das Artes e Taboão da Serra a American Tyre já conquistou o selo de qualidade ISO9001 e INMETRO, fabricando pneus de cunho “ecologicamente correto”. Em entrevista o diretor da American Tyre, Jorge Leandro destaca o nascimento da empresa e detalha o processo que transforma pneus usados em novos com qualidade.

Como surgiu a idéia de montar uma empresa para esse segmento, a quanto tempo estão no mercado?

A empresa existe desde 1952, época em que possuía equipamentos completamente importados dos E.U.A., e atuava somente com a recauchutagem.
Desde 2000, sob a gestão atual, trabalha com a remoldagem, algo muito inovador para sua época, quando nem se falava tanto de questões ecológicas como hoje.

Como funciona a remoldagem dos pneus, como é feito o processo? Em media demora quanto tempo esse processo?

O Pneu (usado) é reaberto e recebe uma estrutura nova de borracha em suprimento à estrutura antiga. Novos frisos são feitos.
A “banda de rolagem” – a parte que corre pelo chão – após seu desgaste recebe uma nova injeção de borracha, sendo essa injeção feita atendendo a um modelo específico de pneu, com suas finalidades ( se de carga, passeio, off-road…) e suas séries internas. O tempo que toma pode variar e muito de modelo a modelo. A injeção de borracha dada em um pneu para passeio, por exemplo, difere bastante do tempo para uma injeção num pneu Truck ( para caminhões), mas há uma média de umas três horas necessárias após a injeção ( que não toma tanto tempo ) para que se esfrie e se estabeleça o processo e atenda as normas ISO 9001 e Inmetro.

A empresa trabalha com remoldagem e recapagem? Qual a diferença destas ações, e qual é a melhor opção para o meio ambiente?
Com a  remoldagem, que já foi explicada e com a recapagem, que em termos simples, é o processo feito apenas na banda de rolagem do pneu, com uma passagem específica de borracha.

Por ano são re-utilizados, em media, quantos pneus?
Veja bem, vou procurar te responder de um modo até mais abrangente. Só em 2004, no Brasil já eram produzidos 50 Milhões de pneus por ano. Desses, 40 Milhões contam como novos, sobrando para a questão apenas 10 milhões, o que ainda é um número fraco em dias de tanta urgência por medidas definitivas pró-ambiente. A indústria de remoldagem, recapagem e até a de recauchutagem são responsáveis por mais de treze mil empregos em todo o país

Veja um vídeo com dicas de

Como cuidar bem de seus pneus

A reciclagem deste material é uma opção mais barata para o consumidor?
Sim, bem mais barateada pois chega-se a economia de até 30% a 50% menos do que o valor de um pneu novo, e mantendo-se exatamente a mesma qualidade.

Os pneus sofrem algum tipo de problemas após serem reformados? Existe alguma garantia?
Sim, trabalhamos com a garantia sobre os serviços, além de sermos certificados pelo Inmetro e ISO9001, porém problemas que poderiam ocorrer, seriam por conta do balanceamento da estrutura do automóvel, para o qual também contamos com equipes de técnicos e equipamentos já preparados para os necessários ajustes, no ato da aplicação do pneu.

Na sua opinião como cidadão, esta seria a melhor solução para os pneus usados, ou existe uma outra opção?
Na verdade, alternativas são muitas, mas as que posso indicar com ‘conhecimento de causa’ são a remoldagem e recapagem.
Claro que não podemos perder de vista que no mundo atual, junto à preocupação ecológica é vital que aja a preocupação com o poder de compra do consumidor e da qualidade no serviço oferecido.

E veja também:

O Crescimento e investimento no pneu

Reciclando para o futuro

Empresas se preocupam com o futuro da população e meio ambiente

O pneu: ontem e hoje

Lições de cidadania: reciclagem de pneus

Para mais informações sobre reciclagens de pneus siga @reciclapneus

Acesse também

Reciclagem de pneus

A rede Recicle Pneus no NING